Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Diversidade e variedade

por chocochino, em 15.09.12

Hoje tendo começado o dia com um passeio pela praia de Blackpool, uma paragem para um capuccino italiano, um pastel de nata português (ou aproximado) - para o qual fui devidamente avisado pela simpática dona (portuguesa) do café de que não se comparava com os portugueses. Seguido de paragem para almoço com uma Pint de Guiness Irlandesa e uma sandes de canguru Australiana não pude deixar de ficar surpreendido com o quão envolvidos pela globalização estamos nos dias de hoje - o que não deixa de ser em partes iguais excitante e assustador.

 

Quanto à sandes de canguru há que reconhecer que tem um sabor e consistência diferentes das carnes de vaca ou porco, talvez se aproximando mais da vitela, sendo bastante saborosa.
A outra novidade do dia foi a descoberta de portugueses por estas bandas, o que não é de todo surpreendente, lá se diz "que em cada canto do mundo há um português".
Não posso dizer que a descoberta tenha sido obra do acaso pois no hotel em que tenho ficado durante os fins de semana, o dono sabe que sou português e já na semana passada já me tinha dito que havia um café de portugueses na cidade mas nesse fim de semana não tinha chegado a ir lá.
Assim, hoje pela manhã lá fui à descoberta desse pedaço de pátria, que curiosamente se chama London Café... Entrei pedi um capuccino e uma nata que estava anunciado na porta (isto em ingles) ao que a senhora do outro lado do balcão responde:
- "Português?"
Fiquei a conversar com ela um pouco e fiquei a saber um pouco mais da pequena comunidade portuguesa de Blackpool, que se resume a 3 casais (2 dos quais casados com ingleses/inglesas) todos já por Inglaterra há mais de 10 anos.
Quanto ao pastel de nata, ela avisou logo que não era como os portugueses pois não tinham forno industrial para atingir altas temperaturas e de facto não estava estaladiço, mas foi um gostinho de Portugal.
Ainda no tema da globalização e diversidade há que referir uma diferença cultural relativamente à Irlanda que se prende com o facto de se verem muito mais etnias no dia a dia, de indianos a asiáticos, de muçulmanos a judeus, de mulheres de burka negra a homens de turbante, todos convivendo em aparente harmonia. E o mesmo se passa na ASDA onde é comum ver colegas de turbante e barbas longas, mulheres de lenço na cabeça ou a cobrir a cara, existe uma sala de oração para aqueles cuja religião os obrigue a rezar várias vezes por dia e assim há quem tenha pausa para café, outros para fumar e outros ainda para orar.
Há que reconhecer que está a ser uma experiência multicultural bastante interessante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:45



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D